O Tempo

terça-feira, 14 de junho de 2011


O tempo,

Telma lobato, 14/01/2010

O tempo é amigo e cruel,

é antagônico

pode ser lento ou apressado.

pode ser bom ou ruim

um segundo pode levar uma eternidade e uma hora pode passar despercebida.

o tempo é presente, passado e futuro,

é o momento que vivemos,

é o instante que desperdiçamos,

é o sonho que sonhamos.

porém, o que fazemos com nosso tempo?

em que estamos investindo o nosso tempo?

estamos em uma era onde ouvimos, a toda hora, que precisamos administrar o tempo.

a vida é curta, é corrida, e o intervalo que existe entre o nascimento e a morte é tão breve....

o tempo......

ah, o tempo......aquele que não volta, que deixa marcas, algumas boas outras ruins,

o tempo gostoso da infância para uns e péssimo para outros,

o tempo despreocupado da adolescência,

o tempo despretensioso da juventude,

o tempo do despertar da maturidade,

o tempo de viver intensamente a velhice.....

sempre o tempo.

tempo que ruge, que corre, que insiste em passar.

em alguns momentos desejamos que o tempo não passe mas em outros......

o tempo é para ser vivido, a cada instante, como se fosse o último segundo de vida pois não sabemos se teremos mais tempo daqui a um segundo.

então,

viva intensamente o seu precioso tempo.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Amigos por poesia. Tecnologia do Blogger.