Vou te ligar...

sábado, 30 de abril de 2011

1 comentários

Vou te ligar e dizer que tenho
uma antiga novidade
um "como estás?"
"estou bem..."
mas morrendo de saudade
O "te ouvir"
talvez possa suprir
a ausência que em mim vive
e a que ainda está por vir.
"Quanto tempo falta
pra gente fazer o tempo parar?"
E termos a melhor conversa 
de nossa vida em silêncio?
Vou te ligar e não vou dizer nada
e você entederá tudo...
mesmo que de saudade eu fique mudo.

Possíveis encontros

quinta-feira, 28 de abril de 2011

2 comentários

Em algum lugar do planeta
Uma jovem apaixonada
Espera um amor que virá
Ela olha o luar
Um misto de pensamentos e imagens
Surgem desencontrados:
Seria ele um anjo esbelto
a me envolver nua em seus braços?
Seria ele o sertanejo
que faz serenata ao luar?
Seria ele o cavaleiro
que cavalga numa estrada longínqua e florida
vindo depressa me buscar?
Seria ele o detetive
que descobriu os mistérios
desse meu nobre coração?
Seria ele o marinheiro
navegante dos 7 mares
vindo em minha direção?
E se ele for o vizinho ao lado
do coração solitário
vendo o luar da janela?
E se ele for virtual
O que será dessa jovem
Tão necessitada de um amor real?

Ana Maria da Silva
Passira-PE/Brasil

Ser Mulher

0 comentários


Ser mulher é bom demais.......

Quem dera o homem poder sentir, por alguns instantes que fosse a alegria de ser mulher.

Ser mulher é ser autêntica, é ser única em sua complexidade e múltipla em sua individualidade.

Ser mulher é gozar o privilégio da função mais sublime de todas as funções: ser mãe.

Ser mulher é passar pela infância brincando de casinha, na adolescência não brincando de casinha, na juventude pensando em brincar de casinha e na mocidade, realmente, brincar de casinha até o fim.....

Ser mulher é poder ter outro ser dentro de si, olhar nos olhos e na hora de um orgasmo maravilhoso, gritar bem alto "EU TE AMOOOOOOOOOOO!!!!!!!!!!!!!!!"


Ser mulher é viver sem ter vergonha de ser feliz, se entregando diariamente a um turbilhão de sentimentos em cima de um  salto de 15 centímetros, com toda graça, singeleza e sensualidade que lhe é garantida.

Ser mulher é pensar, criar, decidir, assumir, sumir na hora que der vontade, mesmo que suma dentro de si mesma em um momento de introspecção onde ninguém entra.

Ser mulher é marcar o gol da vida, matando um leão a cada dia, correr para o abraço e deitar nos braços do amigo mais íntimo e com ele viajar no sono mais profundo para o real imaginário.

Ser mulher é crescer enfrentando todos os medos se entregando aos sentimentos com a razão que sobrepuja a emoção.

Ser mulher é ser dona de si mesma, resolvida, amada, amante, de sua própria vida.

Amo ser mulher......com todas as contradições que são inerentes a este SER MULHER.

Podemos...

quarta-feira, 27 de abril de 2011

0 comentários



Podemos juntos rezar ou fazer amor.
Rir de chorar ou chorar de dor.
Caminhar lado a lado...
ou brincar de pega-pega
Comprar um sorvete
ou jogar na mega.
Podemos escolher
aqui pra sempre ficar...
ou pelo mundo viajar.
Partir ou chegar...
Podemos ser só isso
ou ser mais...
mas nunca iremos
fingir que tanto faz.
Podemos até divergir...
discordar...
ou felizes a vitória de um de nós
juntos comemorar...
Podemos até
por um tempo
suportar alguma saudade
e aguardar que o outro
volte e bata na porta.
Mas juntos amar
isso é o que vale
e no fim das contas
é o que importa.

Marcha pela vida

terça-feira, 26 de abril de 2011

0 comentários

O passado bate a minha porta
Visita que chega sem avisar
Uma lição que nunca estará morta
Marcha pela vida, sem caminhar...

Tristeza e dor, choro incontido
Cicatrizes deixadas pelo mal
Angustia no peito já ferido
A pele marcada pelo punhal

Escravizados pelo insano
Tortura atroz nunca vista
Nas mãos daquele tirano
Que se fazia de idealista

Assim um povo sofreu
Como nunca houve em outrora
O que ocorreu ao judeu
Jamais se perderá na memória

Conhecer o martírio
De tanta gente inocente
É não permitir que aconteça
Outra vez... À qualquer gente.

Lágrimas...

1 comentários

Lágrimas escorrem pela minha face
Tudo não passou de uma ilusão
Seria mais facil se não te amasse
Para não ferir meu coração

Você me deixou tão confuso
Ja não podia me defender
Apenas um boneco para seu uso
Em seus momentos de prazer

Esquece que tem sempre alguem que chora
Quando um outro alguém vai embora
E deixa um coração assim... perdido!
Louco de paixão, mas só... E ferido!

Sonhos...

0 comentários

Será um sonho? Se for, prefiro não acordar.
Devo estar em algum lugar do paraíso
Um lugar onde só haja felicidade
A relva verdejante... o perfume das rosas.
Pensei que meu coração não mais bateria tão forte...
Pareço levitar.
Será que estou entre as nuvens?
Te vejo em cada parte,
Sinto teu corpo,
O toque das suas mãos.
O doce sabor do teu beijo preenche a minha boca.
Mas meus lábios se perdem no vazio a tua procura... onde estás?
Fecho novamente meus olhos na esperança de que o sonho não termine.
Sua voz ainda ecoa em minha mente...
Te procuro ao meu lado mas só encontro a solidão do meu quarto.
Abraço novamente o travesseiro no silêncio da noite.
Resta-me ao menos o consolo de ter-te em meus sonhos.
Em lindos sonhos... De amor!

Papel milimetrado...

segunda-feira, 25 de abril de 2011

2 comentários



Vou escrever pra você...
em papel milimetrado.
(pra não dar margem a erros)
Amar com todo cuidado...
demonstrar meu sentimento
e tudo o que mora aqui dentro...
que vive aqui abafado.
Você ficará sabendo
o quanto te quero ao meu lado...
quando eu escrever pra você
em papel milimetrado...

Para ti...

0 comentários

Tão belo e puro é teu sorriso
Que espero vê-lo sempre assim
Este sorriso que quero para mim
E para mim é tudo que preciso

Vejo-te linda assim, como sempre
Num olhar que deslumbra qualquer face
Que preenche meu peito num enlace
Na meiguice do beijo docemente

Dar-te-ei meu sorriso assim tão louco
Que de tanto dar-te, já não é pouco
O coração que tenho para ti

E o meu sorriso também lhe será seu
Pois que tens a certeza que sou teu
E nunca mais irei ver-te partir

Sonhos meus

sexta-feira, 22 de abril de 2011

1 comentários

Toda vez que voce passa
E finge que não me vê
Fico meio sem graça
Sem saber o que fazer

Te observo a todo instante
Acho lindo o teu sorriso
E este seu jeito instigante.
Ah, você é tudo que eu preciso

Penso em você a cada momento
Fico tentando chamar sua atenção
Você não sai do meu pensamento
O que fazer com meu coração?

Queria tanto teu carinho
Um aconchego nos braços teus
Deitar minha cabeça em seu colinho
E não ser apenas... sonhos meus.

Útero Vazio

0 comentários


Onde está você?
Esta angústia que se instalou no meu peito arde qual ferida de brasa.
Por que você não está aqui? 
Por que não está comigo?
Por que não está no teu aconchego?
Por que abandonou o útero e se aventura pela vida?
Meu coração tem sofrido porque não sabe dos teus passos, porque te vê magro, pálido, cálido, ávido de atenção, amor, afeto, acolhimento e aconchego.
Seu coração clama por limites, direção, oração mas a decepção com a vida é tamanha e lhe faz ser apenas solidão.
A liberdade te escraviza e lhe toma a vida, a juventude que não está sendo vivida.
Estás desperdiçando o melhor de ti, o melhor de mim.
Estás desperdiçando futuro pois vive em função do passado.
Amor, meu amor, meu amado.
Te amo muito mais do que possas sonhar.
Me angustio e me desespero por ti.
Grito pelo teu nome e você não vem.
Te quero livre, te quero lindo, te quero vivo.
O passado não construirá o teu futuro por isto não destrua o teu presente.
És precioso demais, inteligente demais, lindo demais, importante demais, talentoso demais.
Amo você.

Onde está você?

Dentro do meu coração

quarta-feira, 20 de abril de 2011

2 comentários


Você mudou minha vida
Que passou a ter algum sentido
Um motivo para ser feliz
Conto os minutos para estar contigo.

Fico morrendo de saudades
Lembrando cada parte de você
Percorro seu corpo em pensamento
E enlouqueço querendo te ver.

O toque de suas mãos, seu carinho
Seu jeito de falar que me ama
A forma que me beija e me abraça
O modo como geme em minha cama.

Toco teu corpo como se estivesse aqui
Pareço reviver a emoção
E em cada beijo seu eu estremeço
E sinto você dentro do meu coração.

Menina Levada

2 comentários

Menina levada,
Levando um carão!
Uma espoleta danada
Ninguém aguentava não!

Para com isso menina,
Isto são modos? Assim não dá!
fazendo cara de coitadinha!
Não aguento esta menina, to cansada de falar!

Vê se come direito,
Esta carne está tão gostosa
Tudo que eu faço poe defeito
Assim nunca ficará formosa

Arnaldo não implica com a menina!
E la ia ela pra cozinha
Apanhar café e uma broinha
Mas só que sem nenhuma roupinha!

Tadinho do seu irmão
E os passarinhos da gaiola
Quando ela abriu a portinhola
Voaram felizes... Foram todos embora!


(*) Dedicado à amiga Najala, simplesmente Najala.

Escolhas...

terça-feira, 19 de abril de 2011

0 comentários
O tempo não é o senhor 
do meu destino.
Não é ele que passa
a Deus dará
me ditando o que será...
Mas sim minhas atitudes,
minhas escolhas agora...
neste momento presente
Dirão o que verei a frente.
O passado não posso mudar.
Há um minuto atrás eu éra outra pessoa
outra história...
e o passado é apenas memória.
O futuro nunca chegará...
porque quando chegar
já será presente...
já será agora...
O futuro já chegou
preciso escolher...
fazer a coisa certa sem demora.
Agora!
O segundo que vivo
a cada instante...
é o presente ávido por minhas escolhas
E só minha escolha determina
o que será a minha sina...
Se der errado depois,
é feito meu.
Jamais eu culparei Deus...
o vizinho...
o marido...
a sogra...
o ex...
o filho...
o pai...
a mãe...
o chefe...
o subordinado...
o professor...
o meu amor...
o namorado...
Tive sucesso?
eu escolhi....
eu tomei as decisões
que tornaram isso inevitável...
inadiável...
Eu tive a escolha correta
que me levou á pessoa certa...
que na minha vida gerou sorte...
que de repente me abriu um norte.
Deus ama e parece ajudar
quem sobre sua vida
assume a responsabilidade
com toda vontade.
Se queixar...reclamar...
culpar... lamentar...
Coisas do passado...
em nada me ajuda..
Tudo o que tenho é o presente
e a oportunidade de uma escolha diferente.

Hei de Conseguir!

0 comentários

Hei de conseguir!
Retirar as pedras do caminho
Remover a poeira do destino
Retirar da flor todo o espinho

Hei de conseguir!
Pela tormenta atravessar
Meu coração não disparar
E as dificuldades superar

Hei de conseguir!
Escalar o mais alto cume
Deixar pra traz todo azedume
E minha vida vir a lume

Hei de conseguir!
Construir enfim o meu castelo
Sendo eu mesma meu martelo
E obter a felicidade sem paralelo.


(*) Dedicado à minha amiga Claudia Oliveira.

Amor...

segunda-feira, 18 de abril de 2011

2 comentários

Palavra tantas vezes dita
No prazer de alguns momentos.
E algumas vezes maldita
Arrependido dos sentimentos.

Quantas vezes já dissemos
Que amava e não sentia.
Quanto amor que já sofremos
Transformara-se doentia.

Com tão poucas letras se faz.
Quantos sentimentos, alguns doloridos.
Felicidade que se desfaz
E o Amor ficou corroído.

Mas se ergue a esperança
E novamente nos entregamos.
Tudo então recomeça
E mais uma vez nós amamos.

Sinceridade...

domingo, 17 de abril de 2011

0 comentários
A estrela que me guia
é a amizade sincera
que minha vida invade...
Minha carta de alforria
é não ter paciência
com a infelicidade...
Venero uma coisa
que se chama... liberdade.
Minha imprensa é liberta
e mesmo que nem sempre
eu esteja certa...
eu falo o que penso
a todo momento...
Ás vezes... lamento
(é verdade)
Uma praga esse vício
de sinceridade...

Amizade

1 comentários


Uma amizade sincera
Aquela que sempre se espera
E tão difícil de encontrar.

Não nasce assim de repente
Ou toma conta da gente
Num breve instante ou olhar.

Ela nasce como uma semente
Regada com carinho diariamente
Para algum dia frutificar.

Cresce bem devagarzinho
As vezes também nascem com espinhos
E sem querer podem machucar.

Mas sempre valerá a pena
Cuidá-la desde pequena
Pois amigos não nascem em todo lugar.

Rede Social

0 comentários


O MSN eu conheci primeiro
Varios amigos adicionei
Orkut depois eu encontrei
Bate papo na net o dia inteiro

Twitter e Facebook? Claro!
O batepapo do UOL voce lembra?
Caiu a conexão, que problema
E o shopinho na esquina ficou raro.

A mãe reclamando "do computador"
E ouvidos que faço de mercador
Continuo teclando, não faz mal

E vem a pergunta que todos fazem:
Com tantas redes, que bem elas trazem?
Onde foi parar a Rede Social?

Amigos por poesia

0 comentários


Amigos se reúnem um pouco mais
Na poesia da esquina, logo ali
Trocando letras e ideias por ai
Coisa simples que não se desfaz.

Caneta e papel ou mouse e teclado
Uma ideia na mente e se fez... poesia.
Riso incontido de pura euforia
Poesia é poesia, não tem certo ou errado.

Uma letra aqui outra ali e esta pronto
Saboreando as palavras, doce encanto
Como no bar da esquina em noite fria

Bebendo as estrofes, degustando os sonetos
Cantarolando as quadras e outros textos
E se divertem os Amigos... Amigos por poesia.

Pizza... (a quatro mãos)

2 comentários
O Brasil é o país do futebol!
Errado, é o país da pizza.
Fim de semana pede-se o que? Pizza...
Calabresa?
com certeza...
Calabresa vai bem em Brasília...
onde tudo acaba em pizza
e com certeza nós pagamos a conta...
Fiquei tonta!
Mas continuando o assunto...
vou querer de presunto...
Quatro queijos pra São Paulo vou levar...
Tem muito italiano por lá...
A de frango com catupiry..
eu já pedi.
Pode deixar por aqui...
Se perguntarem eu digo que perdi.
Nossa! Pizza de chocolate!
Não como nem que me mate!
A de banana com canela...
te faz lembrar dela...
Então vou jogar pela janela...
(Quem sabe nao cai em cima dela?)
E se cair...
talvez ela resolva subir..
e não haverá mais solidão..
Diga que estou com calor... E fui dar uma volta...
Em salvador!
Ela não tem coração...
Pizza de coração...
coca-cola com gelo e limão...
Pizza de coração é especial...
É mais cara, mas não faz mal...
E o preço, na verdade...
Pode ser pago com felicidade.
Ás vezes como troco
se recebe algo
como saudade
Entao coloque pra assar uma pizza de carinho...
Mas faz uma gigante, nada de carinho brotinho!
Mas vê se não deixa queimar...
Carinho queimado não dá!
Enfim...
você liga pra ela
e eu pro motoboy...
porque a fome aperta
e o coração dói...
(só pra constar, não existe ela)
Então não esqueça de por uma pitada de desejo...
E se acabar o queijo, usa um beijo!



Gisele de Souza e Rogério Santos
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Amigos por poesia. Tecnologia do Blogger.